Você conhece a Dieta Cetogênica

Este tipo de dieta Cetogênica emagrece mesmo?

Essa é a primeira pergunta que fazemos, quando queremos perder peso.
Então, para a nossa alegria, podemos dizer que a dieta cetogênica realmente nos ajuda a perder peso, mas antes de entramos em como fazer, vamos entender um pouco mais sobre ela e o que mais nos traz de benefício a saúde.

Se você estiver precisando emagrecer ou perder peso conheça o desafio 60d

Se busca receitas, cardápio, lista de alimentos para dieta cetogênica, ou mesmo com o iniciá-la, então continue lendo este post.

Porque após a sua leitura, você vai saber a verdade e obter as respostas completas a algumas das dúvidas mais comuns sobre a Dieta Cetogênica (ou dieta do cetônico ou dieta cetônica), como:

Além disso, vai descobrir:

  • os 5 simples passos para iniciar a dieta cetogênica, e as
  • 3 principais alternativas para se manter em cetose.

Lendo o texto até o final, você também vai ter acesso à lista completa de alimentos permitidos e proibidos (inclusive disponível para download em pdf).

Assim esperamos que você possa ter mais opções no seu arsenal de conhecimento para criar as mudanças em seu corpo e em sua vida que você tanto deseja.

Então, continue lendo, porque este é o dossiê definitivo para essa poderosa forma de se alimentar.

No que consiste a dieta Cetogênica

https://www.youtube.com/watch?v=A_tct6if61k

A dieta cetogênica consiste em uma alimentação extremamente low-carb e farta em gordura, que lembra bastante a primeira fase da dieta Atkins.

Na verdade, a fase de indução da Dieta Atkins é uma dieta cetônica. É a Dieta Sem Carboidrato!

A DC reduz drasticamente seu consumo de carboidratos. Em geral, a DC limita os carboidratos a uma faixa de 0-50g por dia (em alguns casos, o limite máximo pode ser até menos que isso).

Essa redução nos carboidratos coloca seu corpo em um estado metabólico conhecido como cetose.

Quando isso acontece, seu metabolismo se altera e fica mais eficiente para utilizar a gordura como fonte primária de energia (e não mais a glicose).

O corpo também passa a transformar a gordura em cetonas no fígado. Essas cetonas podem ser utilizadas como fonte de energia  pelo cérebro (67).

O porquê do nome Cetogênica

Se chama cetogênica, por cortar, ou reduzir ao máximo, o consumo de carboidratos e açúcar, o que diminui a produção de insulina, fazendo que o seu corpo entre em cetose, fazendo com que seu cérebro e todo o seu corpo trabalhem mais, utilizando as gorduras ingeridas e armazenadas, causando a quebra delas, para poder gerar energia.

Veja também o chá emagrecedor

Por isso essa dieta é mais rica em gorduras, do que em proteínas, que também é reduzida e em carboidratos.

A dieta cetogênica suprime qualquer tipo de gorduras trans (que prejudica a saúde e ainda pode modificar as células do nosso corpo, podendo ativar doenças predisposta ou não), como margarina, óleo de soja e a gordura hidrogenada por exemplo, diminuindo o consumo de carboidratos também, usando gorduras mais naturais, como o óleo de coco, que tanto tem uma taxa pequena de gordura saturada, quanto uma taxa maior de gordura insaturada, ou seja, contém mais as gorduras boas que tanto necessitamos.

Alimentos permitidos na dieta cetogênica

Os principais alimentos que fazem parte do cardápio da dieta cetogênica são fontes de gorduras e proteínas. Alguns exemplos são: peito de frango, carnes vermelhas, peixes, ovos, carne suína, embutidos (como peito de peru e presunto), requeijão, oleaginosas, azeite de oliva, manteiga, alface, verduras verdes escuras, como brócolis e espinafre, e queijos.

Alimentos para evitar na dieta cetogênica

Os alimentos que devem ser evitados na dieta cetogênica são os carboidratos, especialmente os de fácil absorção, como pães brancos, arroz branco, açúcar e massas.

Dieta cetogênica e câncer

Muitas pessoas acreditam que a dieta cetogênica pode ser uma aliada do tratamento do câncer. Isso acontece, principalmente, devido ao fato de que enquanto células normais conseguem entrar em cetose – ou seja, usar os ácidos graxos no lugar da glicose como fonte de energia, quando não há consumo de carboidratos – as células cancerígenas são incapazes de fazer o mesmo.

Almoço: picanha com brócolis temperado com azeite de oliva

Lanche da tarde: castanhas.

Jantar: salmão grelhado com salada temperada com azeite oliva.

Vantagens da dieta cetogênica

Emagrecimento rápido: a única vantagem da dieta cetogênica é que ela proporciona a perda de peso rápida. Isto porque ao reduzir drasticamente o consumo de carboidratos o corpo fica sem sua principal fonte de energia. Então, o organismo irá utilizar o glicogênio, pequena reserva de energia que fica no músculo e fígado. E isto leva a perda de peso rápida de cerca de 4 quilos.

Passada essa fase, o organismo irá buscar energia no tecido adiposo, então ocorre a queima de gordura. Além da queima de gorduras, a restrição de carboidratos também leva à queima de músculos.

Desvantagens da dieta cetogênica

Fadiga e dores de cabeça: Com a falta de carboidratos, o corpo tende a converter gordura em energia o que leva a liberação de substâncias chamadas de corpos cetônicos. Em excesso essas substâncias podem causar enjoos e náuseas. A redução de carboidratos também irá causar sensação de cansaço.

Dificuldade de concentração: O corpo sem carboidratos fica sem energia, sem glicose o cérebro não consegue realizar suas funções com sucesso, isso resulta em dificuldade de concentração

Afeta o humor: A dieta cetogênica pode levar ao mau humor. O motivo é que o organismo precisa de carboidratos para levar o triptofano ao cérebro. O triptofano é essencial para a síntese de serotonina, que por sua vez é importante na modulação do humor e bem-estar. Assim, a redução do consumo de carboidratos pode causar o mau humor.

Causa a perda de músculos: A restrição de carboidratos leva à queima de músculos. Isto porque a outra fonte de energia que o organismo utiliza diante da falta de carboidratos vem dos aminoácidos presentes nos músculos. Esta queima de músculos provocada pela dieta cetogênica é especialmente prejudicial para o processo de emagrecimento, pois estes músculos gastam muita energia para existir, ou seja, a presença deles ajuda na perda de peso.

No desjejum

Pode-se ingerir café feito na hora, ou um chá (ambas bebidas sem açúcar) ou um leite de coco feito na hora, batendo no liquidificador, somente a polpa do coco e um pouco de água filtrada, acompanhado de um bom omelete com presunto, ou bacon (lembrando que não se deve usar o óleo de soja, mesmo que seja para somente untar a frigideira, pois o ideal é o óleo de coco, ou manteiga), ou dois ovos cozidos acompanhados de fatias de presunto frito, ou in natura.

Dieta Cetogênica e exercícios físicos

Quando se entra nessa dieta, é muito importante fazer exercícios físicos, para que se tenha melhor resultado no desempenho da mesma, pois assim, ajudará a eliminar gorduras mais rápido, sem prejudicar a musculatura e sem deixar o corpo flácido, quando se faz para perder peso, além de ser benéfico no tratamento de doenças também.

Veja também : Comece a Correr mulher agora!

Veja com seu médico, o melhor exercício para o seu caso e alie a dieta.

A Dieta Cetogênica produz uma perda de peso em torno de 4 a 5 quilos em 30 dias quando é associada a atividade física regular.

por fim

Afinal, com a dieta cetogênica você vai perder peso se sentindo bem – porque você não passa fomenão tem de comer de 3 em 3 horas, e pode provar receitas deliciosas – e isso parece o contrário de tudo o que você ouviu dizer por aí durante sua vida inteira!

Portanto, para se sentir confortável durante a dieta cetogênica, é importante entender que há ciência por trás dela – e confiar no processo.

Por isso, recomendamos que siga a dieta por pelo menos 4 semanas antes de tentar avaliar resultados e decidir se essa dieta é certa para você ou não.

Importante: se você tem alguma condição de saúde conhecida (como diabetes, hipertensão, ou qualquer enfermidade), converse com um médico de sua confiançaantes mesmo de começar a dieta – inclusive porque pode ser necessário efetuar ajustes nas dosagens dos medicamentos, uma vez que a dieta cetogênica ajuda a controlar diabetes e esteatose hepática.

um grande abraço e até o próximo artigo!